domingo, 24 de junho de 2007

Jovens ricos são acusados de espancar doméstica


Três moradores de luxuosos condomínios na Barra da Tijuca foram detidos na 16ª Delegacia de Polícia, no Rio, acusados de roubar e espancar - com chutes no rosto - a empregada doméstica Sirley Dias de Carvalho Pinto, 32 anos, na avenida Lúcio Costa, neste sábado. O bando teria rido e debochado da mulher, que esperava o ônibus para voltar para casa, em Imbariê. Outros dois supostos agressores estão foragidos.


Eles foram detidos pela polícia porque um taxista que passava pela avenida teria visto a agressão e anotado a placa do carro dos jovens. Segundo a polícia, o veículo pertencia a Felipe de Macedo Nery Neto, 20 anos, estudante de Administração de Empresas da Universidade Gama Filho, e morador do condomínio Parque das Rosas, no Palm Springs. O delegado de plantão, Otton Alves Filho, recebeu a denúncia do taxista e pediu a prisão de Felipe, que não teria negado as agressões.

Segundo a polícia, o grupo vinha de uma festa e teria consumido drogas. Pressionado, Felipe entregou o nome dos amigos: Rodrigo Bassalo e Rubens Arruda, que também moram no Parque das Rosas, no Long Beach e no Palm Springs, respectivamente. Os dois teriam fugido na madrugada de domingo ao serem informados de que a polícia havia prendido Felipe Neto.
Ele também entregou Júlio Junqueira, 20, estudante de Direito da Universidade Estácio de Sá, que mora em uma casa no condomínio Parque Pallace, e Leonardo Andrade, 20, conhecido como Léo, do Palm Springs, no Parque das Rosas. Os dois foram presos neste domingo.

Um dos policiais afirmou que, em depoimento, os jovens riam e diziam que nada aconteceria a eles porque, no Rio de Janeiro, é comum matar e roubar sem que haja conseqüências.
Os jovens serão indiciados por tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), segundo a polícia. A acusação de tentativa de latrocínio pode ser feita independentemente da gravidade da lesão corporal, desde que esteja configurada intenção de morte da vítima por parte do agressor.

Domingo, 24 de junho de 2007, 12h34 Atualizada às 15h38

Um comentário:

graciela disse...

Putsss!! Isso é terrivel, acabei de ver o pai de um deles na tv dizendo que essas crianças não podem ser presas pq cometram um erro, porque eles fazem faculdade e tem uma vida.
ELE DISSE TAMBEM QUE OS PAÍS NÃO TEM CULPA, RSRSR, AH CULPA DEVE SER MINHA!!ELES NÃO COLOCAM LIMITES E ESSA JUVENTUDE FAZ O QUE QUER SEM ARCAR COM NADA.
É UM ABSURDO!!
BEIJINHO

Related Posts with Thumbnails